Passe livre

o dia adia-se, duvidoso das cores da noite
que a noite a dor meça amanhã,
pois tarde irá tardar o meio-dia, que aquece.
Enquanto há tempo que passe
as estações dançam... pra que tu
também esqueças de ti.